9 sinais e sintomas de que você está em cetose - PiMed

Matérias

Gostei

9 sinais e sintomas de que você está em cetose

Em uma dieta cetônica seu corpo passa por mudanças biológicas, incluindo uma redução de insulina e aumento da quebra de gordura

A dieta cetogênica é eficaz para perder peso e melhorar a saúde (já falei sobre ela aqui).

Quando seguida corretamente, a deita low-carb, com baixa ingestão de carboidratos e rica em gorduras, irá elevar os níveis de cetonas no sangue. As cetonas fornecem uma nova fonte de combustível para as células e causam a maior parte dos benefícios únicos de saúde desta dieta (1, 2, 3).

Em uma dieta cetogênica, seu corpo passa por muitas adaptações biológicas, incluindo uma redução de insulina e aumento da quebra de gordura. Quando isso acontece, seu fígado começa a produzir grandes quantidades de cetonas para fornecer energia para o seu cérebro.

No entanto, muitas vezes pode ser difícil saber se você está "em cetose" ou não. Por isso, listei aqui 10 sinais e sintomas de cetose comuns, tanto positivos como negativos. Não deixe de ler e compartilhar!

 

1. Mau hálito

As pessoas muitas vezes ficam com mau hálito, quando atingem o estado de cetose.

Na verdade, este é um efeito colateral comum. Muitas pessoas em dietas cetogênica e dietas semelhantes relatam que a respiração assume um cheiro frutado. Isto é causado pelos níveis elevados de cetona. O culpado específico disso é a acetona, uma cetona que expelida do corpo em sua urina e através da respiração (4).

Muitas pessoas nesta dieta escovam os dentes várias vezes por dia, ou usam chiclete sem açúcar para resolver o problema. Mas não se preocupe, o mau hálito geralmente desaparece depois de algum tempo, este não é um sintoma permanente.

 

2. Perda de peso

A dieta cetogênica, low-carb, são altamente eficazes para a perda de peso (5, 6).

Como dezenas de estudos sobre perda de peso têm demonstrado, você provavelmente vai experimentar a perda de peso a curto e longo prazo, quando começar uma dieta cetogênica (5, 7).

A perda de peso rápida pode ocorrer durante a primeira semana, onde você perde principalmente os carboidratos e água (8). Após a rápida queda inicial no peso da água, você deve continuar a perder gordura corporal de forma consistente, enquanto se mantiver nesta dieta.

 

3. Aumento de cetonas no sangue

Uma das características de uma dieta cetogênica é uma redução nos níveis de açúcar no sangue e do aumento nas cetonas.

No decorrer da dieta, você vai começar a queimar gordura e cetonas como as principais fontes de combustível para o seu corpo.

De acordo com alguns especialistas sobre a dieta cetogênica, a cetose nutricional ocorre quando as cetonas no sangue variam de 0,5 a 3,0 mmol / L.

 

4. Supressão de apetite

Muitas pessoas relatam diminuição da fome enquanto seguem uma dieta cetogênica.

Esta redução da fome pode ser devida ao aumento da ingestão de proteínas e vegetais, juntamente com alterações de hormônios de fome do seu corpo (9). As cetonas também podem afetar o cérebro para reduzir o apetite (10).

 

5. Aumento de foco e energia

Algumas pessoas relatam confusão mental, cansaço e sensação de enjoo, logo que começam uma dieta low-carb. No entanto, a longo prazo a dieta cetogênica melhora o foco e a energia.

Quando você inicia uma dieta low-carb, seu corpo deve adaptar-se a queimar mais gordura para se manter, em vez de carboidratos. Quando você entrar em cetose, uma grande parte do cérebro começa a queimar cetonas, em vez de glicose. Pode demorar alguns dias ou semanas para que isso comece a funcionar corretamente.

As cetonas são uma fonte de combustível extremamente potente para o cérebro. Elas já foram testadas em ambientes médicos para o tratamento de doenças cerebrais e condições tais como choque e perda de memória (11, 12, 13).

Por isso, não é surpresa que a dieta cetogênica a longo prazo melhora a clareza a função cerebral (17, 14). Os carboidratos eliminados pela dieta também ajudam a controlar e estabilizar os níveis de açúcar no sangue. Isto pode aumentar ainda mais o foco e melhorar a função cerebral!

 

6. Fadiga a curto prazo

A fadiga inicial pode ser um dos maiores problemas para quem começou uma dieta cetogênica. Por isso, muitas pessoas acabam abandonando a dieta antes mesmo de entrar em cetose completa e colher os benefícios a longo prazo.

Estes efeitos secundários são naturais. Após anos ingerindo muito carboidrato, seu corpo é forçado a adaptar-se a um sistema diferente. Como você poderia esperar, essa mudança não ocorre do dia para a noite. Ela normalmente requer 7-30 dias antes que você entre em cetose.

 

7. Queda de Performance (por pouco tempo)

Como discutido acima, a remoção dos carboidratos pode levar a uma fadiga geral em primeiro lugar. Isto inclui uma diminuição inicial no desempenho de exercícios.

Esta queda de performance é causada principalmente pela redução nos estoques de glicogênio dos músculos, que fornecem a fonte de combustível principal e mais eficiente para todas as formas de exercício de alta intensidade.

Depois de na dieta cetogênica, muitos afirmam que o seu desempenho retorna ao normal. Inclusive, em certos tipos de esportes de resistência, essa dieta pode realmente ser benéfica. Existem também alguns outros benefícios, principalmente no aumento da capacidade de queimar mais gordura durante o exercício.

Um famoso estudo descobriu que atletas que tinham mudado sua alimentação para uma dieta cetogênica queimaram 230% mais gordura quando se exercitavam, em comparação com os atletas que não estavam na mesma dieta (15).

Embora seja improvável que uma dieta cetogênica consiga maximizar o desempenho dos atletas de elite, uma vez que você se acostuma com a nova dieta, ela é suficiente como combustível para o exercício geral e esportes recreativos (16).

 

8. Problemas digestivos

A dieta cetogênica geralmente envolve uma grande mudança nos tipos de alimentos que você come. Problemas digestivos, como constipação e diarreia são efeitos secundários muito comuns no início.

A maioria destas questões deve diminuir após o período de transição, mas pode ser importante estar atento a diferentes alimentos que podem estar causando problemas digestivos. Além disso, certifique-se de comer vegetais low-carb saudáveis. Eles são baixos em carboidratos, mas contêm muita fibra.

 

9. Insônia

Um grande problema para quem segue a dieta cetogência está relacionada com o sono, especialmente logo após reduzir os carboidratos drasticamente. Muitas pessoas relatam insônia ou que acordam no meio da noite.

No entanto, isto geralmente melhora numa questão de semanas. Muitas pessoas que permanecem na dieta a longo prazo afirmam que dormem melhor do que antes após a adaptação à nova alimentação.

 

Esses são os vários sinais e sintomas-chave pode podem ajudar a identificar se você está em cetose.

Se você está perdendo peso e sentindo-se bem, então já está colhendo os benefícios da nova dieta. Mas não se esqueça de procurar orientação médica antes de mudar drasticamente sua alimentação.

Fique com Deus!

Autor(es):
Dr. Juliano Pimentel

 

ÚltimasMatérias